População de São João Del-Rei repudia comportamento de Aécio Neves.

0
11

Revoltada com a cobertura da imprensa, população questiona omissão na divulgação de olhar, expressão esgazeada e o pó branco abaixo da lapela esquerda.

601454_140832172763127_1876489032_n

O projeto de marketing montado na tentativa de melhorar a imagem de Aécio Neves não deixou escapar nem mesmo a Semana Santa.  Foi grande a cobertura da mídia nacional sobre a participação do senador na celebração religiosa em São João Del-Rei. Porém, causou revolta à população da cidade a omissão pela imprensa na divulgação dos fatos que realmente ocorreram.

Mesmo diante da insatisfação popular, Aécio percorreu um trecho das ruas da cidade durante a Procissão do Enterro, que aconteceu após o Descendimento da Cruz, na escadaria da igreja de Nossa Senhora das Mercês.  O cortejo passou pelo Centro histórico em silêncio, só quebrado pelo Canto da Verônica.

A estratégia visava aproximar o senador tucano de uma tradição da família, iniciada com seu avô, o falecido presidente Tancredo Neves. Revoltada, a população da cidade denunciou o oportunismo na utilização do evento religioso. 

 Ele carregou a lanterna de prata, como fazia Tancredo, durante a Procissão do Enterro, ao lado do esquife da imagem de Cristo morto.  Dando ênfase apenas á sua participação, nenhum veiculo da imprensa noticiou a insatisfação popular, tão pouco como estava o senador. O olhar, a expressão esgazeada… Mas, principalmente, o pó branco abaixo da lapela esquerda.

O tucano, que governou Minas Gerais por duas vezes e elegeu o sucessor Antonio Anastasia (PSDB), perdeu a eleição em São João Del-Rei para o petista Professor Helvécio, como ocorrido na maioria dos grandes municípios do Estado

Embora praticamente proibida de ser divulgada, a derrota política no município não é fato novo, inclusive o candidato a prefeito que Aécio apoiou em 2012 era um opositor ferrenho a família Neves, o que pode ter sido um dos fatores que o levaram à derrota.

 “Foi uma construção que ficou complicada. Acho que houve um erro de avaliação porque o PSDB e o PMDB racharam na cidade por causa dessa coalizão”. “Eram duas forças antagônicas, como óleo e água. Há muito tempo eles se digladiavam”, disse o petista. Para ele, o eleitorado não assimilou bem a construção feita entre os tucanos e peemedebistas no município.

“Eu acho que o eleitorado não aceitou isso. Tanto o eleitorado do senador como o eleitorado do ex-prefeito não aceitaram essa aproximação”, explicou.

O candidato derrotado Nivaldo Andrade foi prefeito de São João Del-Rei por três vezes –entre 1993 e 1996, 2001 e 2004, e de 2009 á 2012, o peemedebista governou também a cidade vizinha de Tiradentes.
As diversas editorias dos diversos veículos da imprensa consultados por Novojornal informaram que as matérias divulgadas em relação ao evento religioso tiveram como origem a assessoria de imprensa do PSDB de Minas Gerais.

Documentos que fundamentam esta matéria

Link do Facebock da Prefeitura Municipal de São João Del-Rei  com comentários da população sobre o ocorrido 

Caso o link seja retirado, cópia com comentários até as 21:00 de 31 de março de 2013

Origem das fotos do evento religioso divulgadas no Facebock pela Prefeitura Municipal de São João Del-Rei 

Fonte: www.novojornal.com