Monstro, é preso homem suspeito de matar mãe e filhos gêmeos.

0
14

matusalem

O empresário Matusalém Ferreira Júnior, de 48 anos, principal suspeito dos homicídios de uma jovem de 22 anos e de dois bebês gêmeos, afirmou na noite de terça-feira (17) que sofre com a morte das vítimas. O homem, que se entregou à Polícia Civil em Uberaba (MG) no início da tarde, negou a autoria do crime e atribuiu o triplo homicídio a um comparsa de 37 anos, que está foragido. “Não fui eu fazer (sic). O cara desequilibrou e eu estou perplexo com isso. Estou sofrendo com isso também”, disse o empresário, após sair da delegacia de Aramina (SP).

saiba mais

A jovem Izabella Gianvechio e os bebês desapareceram na última quinta-feira (12), em Uberaba. Segundo a Polícia Civil, a mãe e as crianças foram vistas pela última vez sendo levadas de carro por Ferreira Júnior, que até então não teria assumido a paternidade dos bebês. O corpo de Izabella foi encontrado no mesmo dia em Aramina (SP). Já os gêmeos foram localizados na tarde de terça-feira (17) emBuritizal (SP). Os corpos dos bebês foram enterrados na manhã desta quarta-feira (18) em Uberaba.

O advogado Odilon dos Santos, que acompanhou a apresentação de Ferreira Júnior à Polícia Civil,  informou que vai deixar o caso. A família do suspeito já foi informada. De acordo com o defensor, a decisão foi motivada após descobrir que os bebês estavam mortos.

O empresário se apresentou na delegacia de Uberaba na tarde de terça-feira, depois que o carro que teria sido no crime foi localizado na zona rural de Pedregulho (SP). O veículo estava completamente queimado. Depois de prestar depoimento e negar o homicídio, o suspeito levou os investigadores a uma estrada de terra em Buritizal, onde os gêmeos, que até então estavam desaparecidos, foram encontrados mortos. No local, também foi apreendido um revólver com cinco projéteis usados  – a arma provavelmente utilizada no crime, segundo a polícia.

Ferreira Júnior, que já estava com a prisão temporária decretada pela Justiça, foi levado à delegacia de Aramina, e posteriormente encaminhado à Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, em Uberaba. O outro suspeito, apontado pelo empresário como autor dos homicídios, já foi identificado, mas permanece foragido.

Crianças foram encontradas mortas após desaparecerem de Uberaba (Foto: Reprodução EPTV)
Crianças foram encontradas mortas após desaparecerem .

O caso
Izabella, mãe dos gêmeos, foi a primeira a ser encontrada morta com um ferimento na cabeça às margens da Rodovia José Schavotelo, em Aramina, na noite da última quinta-feira. Ela chegou a ser enterrada sem que fosse reconhecida, mas uma equipe de investigação em Uberaba, ao saber da localização do corpo, solicitou fotos da vítima.

Em seguida, o pai reconheceu a filha e informou tê-la visto pela última vez em um carro com um homem que não teria assumido a paternidade dos bebês.

Em uma gravação obtida pela polícia e divulgada nesta semana, Izabella afirma por telefone a uma amiga que iria encontrar o homem de 48 anos, que ainda não tinha reconhecido a paternidade dos gêmeos.

Izabella Gianvechio estava desaparecida em Uberaba (Foto: Reprodução/Facebook)
Izabella Gianvechio estava desaparecida em Uberaba

Izabella chega a contar que o homem pediu para ela levar os bebês Ana Flavia e Lucas, de 2 meses. Segundo a jovem, o suposto pai disse que ninguém poderia saber do encontro. No entanto, ela pediu para um parente, que é taxista, levá-la até o local combinado. Após deixá-la, o taxista disse que seguiu o carro do suspeito, mas perdeu o veículo de vista.

A polícia também divulgou imagens de um vídeo feito por uma câmera de segurança. As imagens mostram o momento em que o carro do suspeito, onde já estavam Izabella e os bebês, parou próximo ao Parque Fernando Costa. O suposto comparsa de Ferreira Júnior, que agora é considerado foragido, aguardava o veículo e carregava uma bolsa quando entrou.

Segundo o delegado regional da Polícia Civil em Uberaba, Francisco Gouveia, os bebês foram mortos pouco depois de a mãe ter sido assassinada e deixada perto de Aramina. “Um [suspeito] ficou no carro e o outro desceu com os gêmeos, entrou no mato e atirou nas crianças, segundo a versão do suposto pai das crianças”, afirmou ao G1.

O inquérito está sendo feito em Uberaba e, conforme os delegados, os suspeitos serão indiciados por sequestro, triplo homicídio qualificado e ocultação de cadáveres. Já a Justiça, assim que receber o inquérito vai decidir de quem será a competência do caso, se será da Delegacia de Uberaba ou do estado de São Paulo.

Fonte:www.globo.com