Deputado Federal Bonifácio Andrada não compareceu para votar em sessão sobre a PEC-37.

0
10

deput-bonifacio-andrada

O deputado Bonifácio de Andrada (PSDB), um dos campeões de faltas no Congresso Nacional, não estava presente na sessão desta terça-feira, 26, em que foi votado e rejeitado, na Câmara, o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) número 37, que retirava no Ministério Público e concentrava apenas na Polícia Civil a prerrogativa de investigar crimes. Numa reviravolta sem precedentes, a matéria, alvo dos protestos populares nas ruas, foi derrubada por 430 votos contrários e apenas 9 a favor.

Todos os 46 deputados federais mineiros que compareceram à sessão votaram contra. Minas Gerais possui 53 deputados federais e seis não estavam presentes, entre eles o tucano barbacenense Bonifácio de Andrada.

Cumprindo seu oitavo mandato na Câmara dos Deputados, Andradinha, como é conhecido, sempre se destacou entre os parlamentares que mais faltam às sessões. Ele não estava presente também em outro momento histórico vivido na Câmara dos Deputados no início dos anos 80, quando foi votada a Emenda Dante de Oliveira, que propunha eleições diretas para Presidente da República e que inspirou o movimento pelas Diretas-Já. A emenda foi rejeitada e somente em 1989 aconteceu a primeira eleição direta pós-ditadura militar.

Fonte: www.barbacenamais.com.br